Entrevista com o Núcleo Artenativo (NAPA)


Núcleo Artenativo de Pesquisas em Arte (NAPA) é um grupo atuante em diversos segmentos artísticos em Pouso Alegre há quase 12 anos.  Sempre valorizando os artistas seja realizando saraus, mostras ou publicando fanzines, o grupo se firmou realizando eventos culturais na cidade, além disso também publicaram um CD e um livro contendo a diversidade da produção artística local.


Por todo o trabalho realizado e o esforço empenhado, encaro como um grupo que, além de contribuir para o aprendizado, também merece o reconhecimento e respeito por todos que atuam e trabalham na área cultural em Pouso Alegre.


Quando e como começaram as atividades do grupo?

O grupo começou com um fanzine cultural chamado “Artenativo”, no dia 09/09/1999, já remetendo ao trocadilho a arte-nativa, com intenção de divulgar a arte de Pouso Alegre, contendo agenda cultural. 

No fanzine, houve a abertura do “Espaço dos leitores”, de modo que o grupo foi recebendo muito material para ser publicado, e perceberam que não havia espaço num jornal por mês para colocar todo conteúdo, foi quando surgiu a idéia de organizar um sarau já em meados do ano 2000, para abrir espaço aos artistas da cidade expor suas atividades. 


Quais os objetivos centrais do grupo? 

Pesquisa, divulgação e fomento da arte própria da cidade, quebrando barreiras da elitização da arte local, proporcionando a união dos artistas em prol da diversidade cultural, agindo em prol da formação de público, lutando por espaços culturais, promovendo o envolvimento da área artística da cidade. Todas essas atividades acabou fazendo com que os integrantes se tornassem produtores culturais. 





Como funciona a área de pesquisas do grupo? 

O grupo sempre está buscando referências da cidade de Pouso Alegre, tais como fatos e momentos históricos para dialogar com as atividades em produção cultural e artística, transformando as informações em teatro, esquete, intervenção urbana, etc., sempre realizando atividades gratuitas e acessível ao maior número de pessoas. 


Quais principais atividades que o grupo desenvolveu? 

Saraus, Peças de Teatro, mostra de músicas próprias de Pouso Alegre, produção do CD e do Livro “Mandu Sem Fronteiras” e Fanzines contendo a diversidade cultural da cidade de Pouso Alegre. 



Quais as maiores dificuldades percebidas pelo grupo em suas atividades? 

O entendimento da importância da cultura e valorização das atividades do grupo na cidade, tendo dificuldade de apoio, fazendo com que os integrantes tenham de assumir outras atividades, não conseguindo se manter economicamente com a atividade de produção cultural, limitando a atividade do grupo. Outra dificuldade são rixas entre alguns artistas que dificultam uns aos outros por questões puramente pessoais, desprezando a atividade cultural. 


Como o grupo encara as atividades culturais em Pouso Alegre atualmente? 

As atividades estão em ascensão, a lei municipal está com atividades em todas as áreas: teatro, música instrumental, infantil, orquestra, big band, livro, etc., isso mostra como a cultura está crescendo e acontecendo em Pouso Alegre, nunca percebemos um momento cultural como este na cidade. 


Quem fez parte do grupo e quem compõe o grupo hoje? 

O grupo começou com Fernanda Tersi, Juliane Prado, Priscila Appella e Cláudia Tosta. Com o passar do tempo foram agregando muitas pessoas, passando por várias fases. Atualmente fazem parte do grupo Fernanda Tersi, Juliane Prado, Reginaldo Gomes, Lara e Álvaro. 


Quais são os projetos atuais e futuros? 


O projeto atual é um de intervenção urbana, para o ano de 2011. Os projetos futuros são atualmente continuidade com os saraus e mostra de vídeos. 




Como é o a relação do grupo com outros grupos e agentes culturais da cidade? 

Por ser um grupo divulgador da arte da cidade, atinge vários agentes culturais e outros grupos da cidade, também pertencendo a outros grupos e muitas vezes desenvolvendo trabalhos em conjunto, numa relação de troca cultural. 


Para mais informações, acesse o Blog:



publicado no Cultura de Pouso Alegre,
por: Bruno Carrasco, abril de 2011.

Sobre as citações

As citações expostas nesta página têm por único objetivo promover e difundir valores culturais e conhecimento, muitas pessoas não teriam acesso de outra maneira a este tesouro cultural pertencente a toda humanidade. De nenhuma maneira se pretende obter algum benefício financeiros por meio disto, e se algum autor ou compositor, representante legal ou contenedor de direitos considera que a exposição de algum material em particular afeta seus direitos de autor, peço que comunique a fim de proceder a remover qualquer link, obrigado.

Facebook