AMALA E KAMALA - "As Meninas Lobo”

Amala e Kamala foram duas crianças encontradas na Índia no ano de 1920. Suas idades presumíveis eram de 2 e 8 anos. Após encontrá-las, deram-lhes os nomes de Amala e Kamala, respectivamente e foram levadas para um orfanato para a tentativa de um processo de socialização. Elas não falavam, não sorriam, andavam de quatro, uivavam para a lua e sua visão era melhor à noite do que de dia.

Amala, a mais jovem, morreu com um ano e meio de idade, devido a adaptação dolorosa do abrigo que não tinha a alimentação que ela estava acostumada (carne crua e podre).

Kamala viveu durante oito anos na instituição que a acolheu, humanizando-se lentamente, ela levou seis anos para aprender a andar e pouco antes de morrer tinha um vocabulário de somente 50 palavras. Suas atitudes afetivas foram aparecendo aos poucos, ela chorou pela primeira na morte de Amala e se apegou lentamente nas pessoas que cuidaram dela e nas outras crianças com as quais conviveu.

0 comentarios:

Postar um comentário

Sobre as citações

As citações expostas nesta página têm por único objetivo promover e difundir valores culturais e conhecimento, muitas pessoas não teriam acesso de outra maneira a este tesouro cultural pertencente a toda humanidade. De nenhuma maneira se pretende obter algum benefício financeiros por meio disto, e se algum autor ou compositor, representante legal ou contenedor de direitos considera que a exposição de algum material em particular afeta seus direitos de autor, peço que comunique a fim de proceder a remover qualquer link, obrigado.

Facebook